Febre amarela – Conheça 06 maneiras de se proteger

A febre amarela deixou muitas mortes e continua a criar novos casos. Reunimos nosso time de especialistas e compilamos 06 dicas em vídeo para se prevenir.

Até a data da publicação desta postagem, já foram 240 casos confirmados no Brasil¹ – 11 em São Paulo². A doença deixou de ser uma preocupação rural e passou a invadir as cidades e as grandes capitais. Há alguns que já estão pensando em matar macacos³, mas nós somos amantes dos animais e sabemos que existem maneiras melhores de se prevenir.

No vídeo acima nós pesquisamos e compilamos algumas dessas maneiras. Escolhemos 06 dicas contra a febre para compartilhar contigo.

Experimente as dicas, não mate macacos e conta para a gente se deu certo – conosco tem funcionado bem!

Sobre a Febre Amarela

A doença é propagada através de um vírus específico para ela e é transmitida pela picada de um mosquito do gênero feminino infectado. Ela atinge várias espécies de mosquitos, alguns primatas e, principalmente, os seres humanos.

Seu transmissor principal no ambiente rural é o mosquito Haemagogus. No ambiente urbano, o vetor é o mosquito responsável por também transmitir Dengue, Zika, Chikungunya – o Aedes Aegypti.

Os sintomas duram por volta de 05 dias, na maioria das vezes, e são muito comuns aos de outras doenças, como por exemplo: febre, calafrios, perda de apetite, náuseas, dores de cabeça, dores musculares (principalmente nas costas). A confirmação da doença geralmente é feita através de uma coleta de sangue.

Assine Nosso Canal do Youtube para Mais Vídeos

https://www.youtube.com/channel/UCeodGzHpnkZK2tTKpTxe9zg

Direção, Produção, Edição e Pós Produção por Freire Imagens

http://freireimagens.com.br/

Referências das notícias e informações citadas no texto

¹ – G1: Brasil tem 240 mortes confirmadas, diz ministério

² – UOL: Sobe para 11 mortes confirmadas em São Paulo

³ – The New York Times (via UOL): Pesquisadores fazem apelo: não matem os macacos